Envie sugestões de pauta sobre o Brasil à Mongabay

Panorama

A América Latina tem a maior extensão de florestas tropicais no mundo. Grande parte dessa cobertura florestal está na Bacia Amazônica – 60% dela contida em território brasileiro. Depois de quase uma década de declínio no desmatamento – no período de 2004 a 2012, quando a taxa anual caiu em mais de 70% -, a perda de cobertura florestal na Amazônia Legal tem apresentado tendência de aumento. Pesquisadores alertam sobre o risco de o bioma atingir um ponto crítico, em que grandes áreas de floresta tropical úmida podem se converter em florestas tropicais secas e savana. Essa mudança pode ter grandes implicações para as chuvas regionais, com a Zona de Convergência Intertropical movendo-se potencialmente para o norte, o que acarretaria secas mais severas nas grandes áreas de lavoura do Centro-Sul e nas principais áreas urbanas, além de desencadear uma torrente de emissões de carbono decorrente da extinção da floresta. O impacto no orçamento global de carbono seria substancial.

Não apenas a Amazônia está seriamente ameaçada, mas também o Cerrado, a savana de maior biodiversidade do planeta, com cerca de 10 mil espécies de plantas, 900 de aves e 300 de mamíferos. O Cerrado também é vital para o sequestro de carbono e para a segurança hídrica no Brasil, dado que abriga nascentes de grande parte das bacias hidrográficas do país. No entanto, metade dos 2 milhões de km2 originais do bioma já foi perdida para fazendas de gado e plantações de soja, milho e algodão. O Cerrado hoje perde sua vegetação nativa mais rápido do que qualquer outro bioma no Brasil, incluindo a Amazônia.

Objetivos

Visando provocar uma maior conscientização sobre as questões socioambientais no Brasil, a Mongabay está disponibilizando um formulário para que colaboradores possam enviar sugestões de pauta a à equipe de editores. Sugestões bem-sucedidas devem atender às prioridades de divulgação de informação atuais da Mongabay.

No momento, a Mongabay está buscando sugestões de pauta sobre os seguintes tópicos:

  • Atividades de pesquisa e projetos de conservação no Brasil com ênfase na Amazônia e no Cerrado (mas não restritas a esses biomas);
  • Florestas em geral, com ênfase em desmatamento e degradação florestal recentes, além de ilegalidades associadas ao desmatamento (extração de madeira, incêndios, apropriação de terras, etc.);
  • Projetos de infraestrutura, incluindo estradas, ferrovias, hidrovias industriais, portos, barragens, linhas de transmissão elétrica e seus impactos sobre o meio ambiente;
  • Agronegócio (especialmente produção de carne e soja) e indústrias extrativas (sobretudo mineração artesanal e industrial), em particular rastreando relações da cadeia de abastecimento global e cobrindo esforços para criar e manter negócios lucrativos e ecologicamente corretos;
  • Indígenas, quilombolas, comunidades rurais tradicionais e movimentos sociais de luta pela terra, com preferência por matérias relevantes sobre o direito à terra, a manutenção de culturas tradicionais e a criação de meios de vida sustentáveis;
  • Soluções baseadas na natureza para conter o desmatamento e as mudanças climáticas;
  • Vida selvagem e biodiversidade, incluindo ecossistemas terrestres e aquáticos de água doce, com foco em locais específicos e/ou espécies de plantas e animais;
  • Mudanças na legislação e nas políticas que podem afetar consideravelmente o manejo e a conservação da Amazônia e de outros biomas florestais.

Artigos de opinião não serão considerados para este projeto.

Compartilhe as apresentações usando este formulário (em português ou inglês) e consulte as diretrizes de envio aqui.

Aceitamos propostas de jornalistas experientes para matérias escritas e também consideramos sugestões de vídeos com até 10 minutos de duração. Cada matéria terá entre 800 e 2 mil palavras e deverá incluir ao menos três fontes de entrevista originais. Os autores também devem enviar de 5 a 10 fotos que possam ser publicadas gratuitamente e utilizadas pela Mongabay para acompanhar as matérias, junto com as legendas e os créditos das fotos.

As matérias editadas serão publicadas em português no site brasil.mongabay.com sob uma licença Creative Commons aberta que permite o compartilhamento, a republicação e a repostagem. Elas poderão ser traduzidas para outro idioma e publicadas nos sites globais da Mongabay.

A Mongabay negociará todas as taxas conforme a matéria. A Mongabay tem fundos disponíveis para subsidiar viagens – no entanto, devido à pandemia da covid-19, reportagens de campo são totalmente desencorajadas no momento. Se a viagem for necessária, forneça detalhes logísticos, proponha medidas de redução de riscos e inclua uma estimativa de orçamento preliminar (usando esta planilha). Não inclua pagamentos pelo seu trabalho nessa estimativa de orçamento.

Envie sua apresentação aqui junto com um breve currículo e três amostras do seu trabalho. As pautas devem explicar claramente a história que você gostaria de contar, oferecer um breve panorama e identificar possíveis fontes. Pautas apresentadas em vídeo também devem incluir uma lista de takes e uma lista de entrevistas esperadas. As inscrições podem ser enviadas em inglês ou português.